Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Dicas para manter um casamento feliz ( parte2)

por Teresa, em 20.08.16

 

Aqui vão mais 3 dicas para ajudar a manter um casamento feliz!

 

1. É preciso, antes de mais, sermos honestos um com o outro...

Devemos ser e agir de acordo com aquilo que realmente somos. E não fingir ser outra pessoa!

 

Até porque, ao fim de um certo tempo, cai-nos a máscara e deitamos tudo a perder!

 

Eu, entre outras coisas, confessei que não sabia cozinhar e isso foi muito bom porque, ao ser sincera, não tive nunca de fingir nada .

 

Tinha uma amiga que comprava a comida já feita e colocava no forno quando o namorado ía lá jantara casa, fingindo ser uma cozinheira fantástica! O pior de tudo foi ter de se desembrulhar desta mentira.

 

2. Rir um com o outro.

É muito importante que os dois elementos do casal tenham o mesmo tipo de humor! Só assim se conseguem rir um do outro e um com o outro!

Nós rimos das mesmas piadas e rimos muito ! E rir faz bem. Limpa a alma !

Se nunca amuamos ?! Claro que amuamos ! E muitas vezes! Faz parte da relação a dois .

Mas acho que, ao fim destes anos todos ,a risota compensou os muitos amuos que tivemos ... E é bom saber isso.

 

3. Gostos semelhantes

É fundamental que, tal como dizia o Rui Veloso, os dois gostem da mesma canção, isto é, se um gosta de uma coisa e o outro de coisa diferente pode até ter graça no princípio, mas à medida que os anos passam, as diferenças podem desgastar a relação.

Por exemplo, sempre gostei de praia e o meu marido também! Mas tenho amigas que adoram praia e os maridos detestam . Resultado : ou,desistem e deixam de ir completamente,ou os maridos vão, mas muito contrariados !

 

Nestes casos têm de haver cedência , de parte a parte! Mas isso é assunto para outro post.

 

Espero que gostem do vídeo e que o partilhem!

publicado às 18:17

Tempo de férias!

por Teresa, em 17.08.16

Estar de férias é a melhor coisa do mundo!

 

Todos os anos, desde criança, faço a contagem decrescente para o início das ditas!

 

O cansaço acumulado é tanto que, nos últimos dias de trabalho, me limito a arrastar o corpo, de casa para o emprego e vice versa!

 

Quando finalmente o meu cérebro regista que estou,finalmente, de férias, sinto que me sai um enorme peso de cima de mim.

 

Nos primeiros dias fico em modo " zombie": vagueio por toda a casa, não me apetece pensar, nem fazer o que quer que seja... limito-me a olhar para o vazio e a ouvir o silêncio !

Segue-se o ritual de todos os anos: arranco o relógio do pulso, e durante aquele período , não quero saber do tempo... Eu sei que inevitavelmente ele continua a passar.... e nada o fará parar , mas durante as férias não preciso de saber a quantas ando , nem se estou atrasada, ou adiantada, para o que quer que seja .

 

Nos dias que se seguem a esse modo zombie começo a preparar-me para a festa ! É tempo de quebrar com a rotina, agarrar nas minhas preciosidades ( família, cadela, livros, iPhone e uma ou outra roupinha de praia) e zarpar para outras paragens !

Há um destino que é obrigatório  repetir em cada ano da nossa vida : o Algarve!

 

o Algarve é fabuloso ( que o digam os estrangeiros que lhes chamam "um figo"!)

Eu adoro as praias fantásticas de água quentinha, a hospitalidade, a comida , os bares e restaurantes maravilha, as noites...

 

Na infância e adolescência a minha zona preferida era a de Albufeira e Vilamoura, porque estava na idade de adorar a confusão.

 

Agora, bem mais velha, prefiro sítios mais calmos.

 

Este ano o destino foi,mais uma vez, Tavira. Deixo -vos o vídeo que coloquei no YouTube.

 

Se gostarem façam like e partilhem.

 

A maminka deseja a todos umas óptimas férias, no Algarve,é claro!

publicado às 23:42

Dicas para manter uma relação feliz!

por Teresa, em 16.08.16

Viver a dois não é tarefa fácil!

 

Basta pensar que cada um de nós tem o seu própro feitio que, com a idade, vai refinando mais e mais!

 

E são muitas as vezes,ao longo de uma relação, em que marido e mulher chocam um com o outro.

 

Claro que no início, no chamado estado de paixão, ou enamoramento, tudo é um mar de rosas, porque amamos aquela pessoa e com ela queremos  ir até ao fim do mundo e ficar o resto de toda a nossa vida (Ups...acho que hoje em dia esta ideia já perdeu a validade).

 

A vida vai-se complicando quando, fechados na mesma casa, vivendo a dois, o casal tem de começar a desbravar o caminho,a ter de tomar decisões sobre coisas conjuntas: quantos filhos vamos ter, como vamos gerir o orçamento familiar, como vamos educar, quais as prioridades da nossa vida... .

 

À partida se escolhemos determinada pessoa é porque temos com ela várias afinidades!

 

O pior é que nem sempre é assim...

 

Uma relação a dois é como um livro em branco, onde se vai escrevendo, e do qual ainda não sabemos o final.

 

Nas histórias, que sempre nos contaram em crianças, normalmente o final é feliz! Mas pode não ser assim!

 

Acredito no destino mas acho também que nós temos uma intervenção no caminho que vamos fazemos ao longo da vida!

 

Resumindo, e baralhando, o mais complicado de tudo é, sem dúvida, manter uma relação a dois!

 

De vez em quando o casal briga, amua, tem conflitos que têm de ser constantemente geridos!

 

Não há formas mágicas, nem pós de perlimpimpim que nos ensinem a manter uma relação para sempre.

 

É a experiência e a vida que nos vão ensinando tudo!

 

Neste vídeo, que fiz para o meu novo canal no YouTube,tento dar umas dicas, assim meio a sério, meio a brincar,que podem ajudar a manter uma relação, e que comigo resultaram.

 

Irei , depois, falar de algumas outras.

 

Se gostou faça "like" e partilhe!

A maminka agradece a todos os que por aqui passarem

https://youtu.be/5Bcp87uQbPE</

publicado às 17:00

No dia seguinte ao da nossa Vitória

por Teresa, em 11.07.16

 

taça.jpg

 

 

Há muito tempo que não via tantos sorrisos rasgados logo pela manhã!

 

Estamos muito orgulhosos de nós! Vaidosos do povo que somos! Felizes por sermos Portugueses!

A felicidade está no ar ! 

 

Este é o MOMENTO das nossas vidas !

 

pepe.jpg

 

 

Não interessa a política que se defende, a religião que se professa, a raça a que se pertence ou a língua que se fala.

 

 Neste momento estamos unidos e orgulhosos de ser quem somos. Nada nos pode dividir !

 

 

rui pat.jpg

 

 

Trabalhar hoje ?!  Está a ser muito difícil! 

 

A nossa cabeça registou o facto de sermos campões e não consegue sar desse registo.We are the champions! 

 

A pergunta do dia é : " Posso sair mais cedo para ainda ir dar as boas vindas à nossa seleção? "

 

O dilema está criado:

 

 Por um lado o dever a cumprir.... o trabalho que não pode parar...

 

Por outro...como cortar-lhes a hipótese de fazerem parte deste momento histórico e único das nossas vidas ?

 

Maminka sofre...

 

 

ronaldo.jpg

 

publicado às 11:46

A importância da pausa no trabalho

por Teresa, em 04.06.16

senhora cafe.jpg

 

 

Decidi que, todos os dias , a meio da manhã, tinha de ter o meu momento Zen.  

 

É uma coisa simples, mas que me dá um  prazer imenso:sentar-me numa esplanadinha que tem vista para o Castelo (sou uma sortuda quanto à localização do meu trabalho) a beber o meu café, tranquilamente, sem pensar que tenho à minha espera mil problemas para resolver, muito papel para despachar e muita decisão para tomar.

 

Em dias quentes, como o de ontem, atrevo-me até a fechar os olhos,e deixar-me levar pelas sensações boas, que me invadem e transportam para os dias felizes da minha vida.

 

Umas vezes, sinto-me como se estivesse na praia, quando, depois de um bom banho, me atiro para a areia e deixo o sol beijar-me a pele e fazer-me esquecer o mundo...outras vezes, sou levada para o campo e  consigo ouvir, lá ao longe, o som dos  grilos e o chilrear dos  pássaros....

 

 Há dias em que consigo até ouvir o som do silêncio!

 

Depois de 10 minutos de pausa KIT-KAT, volto ao trabalho, não conseguindo esconder um certo sorriso maroto, de quem acabou de ir lá longe...ao seu jardim secreto...onde ninguém mais, senão eu, tem a chave para entrar!

publicado às 11:15

Aos 4 anos é assim...

por Teresa, em 03.06.16

 

Aos 4 anos as coisas mais insignificantes parecem ser o máximo:

 

images.jpg

- Amanhã, em vez da mãe, é a tia que a vai levar aos anos do seu colega Francisco.

- Aoni ( aonde)?

- Ao jardim zoológico...

Agarrou-se ao meu pescoço, deu-me um beijinho  e disse numa excitação:

- Boa! Amanhã a tia vai comigo ver os "AMINAIS", e depois vamos "bincar" as duas, muito... muito!

 

 

 Aos 4 anos há coisas que nos deixam mesmo confusas:

 

confusa.jpg

- Filha, este ano, você vai andar de avião pela primeira vez,com a mãe!

-Uau!!!!! Vou andar de avião igual à prima. E depois a mãe vai sentada à minha frente, não é ?

-?????

- Sim, como no carro,a mãe tem de ir à frente, para guiar .

- Ah não.... nós vamos as duas, sentadinhas, uma ao lado da outra.

- MAS...ENTÃO... SOU EU QUE VOU A  GUIAR O AVIÃO ?!!!!!!- disse ela, entusiasmadíssima com a ideia!

 

 

 Mas... aos 4 anos sabemos bem quem é o líder: 

images.jpg 

No outro dia, depois da mãe sair para o trabalho, ela espeta o dedo e diz para quem fica a tomar conta dela:

"Quando a mãe não está em casa, quem manda "Xou eu!"

 

 

 

publicado às 14:58

Amigos há 50 anos !

por Teresa, em 08.05.16

image.jpg

Ontem o meu melhor amigo fez anos.

 

Nascemos exactamente no mesmo ano, apenas com uma diferença de meses, e tivemos o privilégio de nos conhecer

um dia, faz agora precisamente 50 anos.

 

Crescemos juntos e, não podiamos ter tido uma infância e uma adolescência mais feliz.

 

Partilhámos segredos,brincadeiras, risos e choros, saímos, dançámos, fizemos mais amigos, confessámos as paixões que iam nascendo e dávamos o ombro para chorar os desgostos de amor que íamos tendo,dávamos conselhos preciosos e ouvíamos os desabafos um do outro, zangávamo-nos e fazíamos as pazes (muitas vezes bastava para o efeito um simples pacote de bombons com creme).

 

Depois...quando a vida nos fez seguir por estradas diferentes, a nossa amizade não acabou, apenas se ajustou: eu casei-me e ele foi meu padrinho de casamento, tive uma filha e ele foi, inevitavelmente,o padrinho escolhido.

 

Hoje vivemos longe fisicamente, vimo-nos com menos frequência mas a nossa amizade mantem-se inabalável. Sei que se um de nós precisar, o outro estará sempre lá.

 

Hoje é dia para lhe perguntar se se lembra:

  • Do tempo em que tínhamos uns patos lindos, que nos seguiam para todo o lado e, em que quando morria um deles, ele jurava a pé juntos que era o meu?
  • De subirmos ao telhado e fazermos lá os trabalhos de casa, enquanto olhávamos para o mar?
  •  De eu ficar sozinha lá em cima, horas a fio, por me retirarem o escadote e eu não saber como descer?
  • De  roubar after eight da mãe para me dar a mim, que adorava o sabor daqueles chocolates com mint?
  • De decorarmos as canções dos festivais e fazermos concursos para ver quem era o primeiro a enganar-se na letra?
  • De chamarmos um táxi para ir não sei onde e, quando o táxi chegou,nos escondermos debaixo da cama porque, afinal, já não nos apetecia ir?
  • De irmos tomar café à "Tamar" , de meia em meia hora, só porque ele tinha bicho carpinteiro e não conseguia ficar quieto em casa mais do que 5 minutos?
  • De irmos pôr 20 escudos de gasolina ( que vergonha), só porque achávamos graça ir todos os dias à bomba ?
  • De  um dia pensarmos que o carro à nossa frente estava a arder quando era precisamente do nosso que saía toda aquela fumarada que vįamos no ar?
  • De irmos à praia na Linha só para comer 4 bolas de berlim com creme?
  • De usarmos todos os truques possíveis e imaginários para obter o maior bronze do verão (valia tudo)?
  • De sairmos de gatas do cinema,a meio de um filme pavoroso,em que " andavam a matar todos os chefes de cozinha", só para ver a tua adorada Jaqueline Bisset?
  • De sairmos todas as sextas feiras e dançarmos imenso até ouvirmos a Donna Summer a cantar "last dance"...que era o sinal de que a noite tinha chegado ao fim?
  • De usar fita-cola para fazer baínhas nas calças acabadas de comprar e que queriamos muito estrear nesse mesmo dia?
  • De quando saiamos da discoteca irmos directos à padaria, comer o primeiro pão quentinho ?
  • De irmos à "Drogaria " para ouvir os nossos amigos cantar e comer aquele spaghetti que nos sabia pela vida?
  • De irmos jantar fora ao chinês e adorarmos ?
  • De me ir levar, às 5 h da manhã, à Faculdade quando fui de viagem de finalistas a Paris?
  • De me dizer que o meu marido, sempre foi o meu Karma?
  • De me ensinar a cozinhar, depois de casada, ainda que sem grande sucesso (sou péssima aluna nessa área)?

 

Meio século de amizade é muito tempo e saber que conseguimos chegar aqui faz-me sentir muito feliz!

Que venham mais 50...sempre juntos!

 

 

 

 

 

 

 

publicado às 14:32

Que falta de jeito para o desenho...

por Teresa, em 16.04.16

images.jpg

 Adorava saber desenhar!

 

Cada vez que a minha sobrinha,de 4 anos, me põe uma folha branca à frente e me pede, com aquele jeitinho dengoso: "titi, faz aqui uma galinha", eu tremo da cabeça aos pés.

 

"Uma galinha ?...ora deixa lá  ver"...pego na caneta, debruço-me sobre a folha, fingindo-me com um à vontade que não tenho, e sem  querer desarmar, rezo aos santinhos para que o primeiro traço, conduza a um bom resultado final.

 

Por muito estranho que pareça  é o primeiro traço que define, logo,quem tem, ou não tem, jeito, para a coisa,

 

Quem sabe desenhar faz um primeiro traço com uma ligeireza tal, com uma técnica tal, com uma desenvoltura tal que  conduz sempre ao resultado pretendido.

 

Para quem não sabe desenhar, o primeiro traço sai torto, estranho, sem sentido, nem direção.

 

Outra coisa que distingue um bom,de um mau desenhador é que quem sabe desenhar tem na memória todos os detalhes do que vai fazer. O outro pensa que sabe mas... a meio do caminho...fica  chocado quando se apercebe que, afinal, não faz a mínima ideia de alguns pormenores  que, para a maioria das pessoas, são do mais óbvio que há.

 

Para quem não sabe desenhar, como eu, a coisa passa-se mais ou menos assim:

Começo muito satisfeita a traçar a cabeça da galinha e coloco o bico  ( fico radiante.... acho que estou a começar muito bem). Depois penso nos olhos: tem dois de certeza, mas como estou a fazê-la de perfil...espera aí... só ponho um, porque o outro, nesta perspetiva, não se pode ver! (estou a ir muito bem, penso vaidosa).

 

 Mas, a partir daí, e quase sem dar por isso, as coisas complicam-se.

 

Começo, então, a abrandar para refletir...mas o que é que o raio do bicho tem mais, para além do bico?

Ah... penas e asas .

Como é que faço isso?

Já sei! O melhor mesmo é fazer tipo um sombreado pelo corpo todo do animal, como se fosse penugem ...e um traço a indicar a asa.

 

Ai meu Deus....o que é que eu fiz para aqui?!...

 

Desanimo absoluto! De galinha...a coisa começa a ter muito pouco.

 

 De repente, lembro-me de que lhe tenho de colocar duas patas e ganho novo ânimo! Boa...que espertinha que me sinto!

 

Mas esmoreço, quase de seguida, quando se me coloca a seguinte dúvida : mas patas como?! Terminam como?! Com 2, 3 dedos,ou... garras?!

 

Tento  fazer um esforço de memória, mas.... vejo tudo branco. Não consigo visualizar as patas de uma galinha!

Parece fácil para o comum dos mortais, não é ? Mas eu sou um desastre !

 

Faço, então, uns rabiscos para  o desenho ficar mais... tipo abstrato, e assim disfarçar a minha total falta de jeito para a coisa.

 

Olho, e torno a olhar, e aquilo está.... ai como é que se diz?... PAVORENTO!

Nessa altura já não há nada ,nem ninguém, que me possa salvar! 

E segue-se a prova final: a reação da minha sobrinha!

 

E, todos sabem que não há franqueza maior do que a de uma criança.

 

Ela olha e diz:

"Ó titi então fizeste uma minhoca ?!!!! Agora vais ter de fazer a galinha que já te tinha pedido".

 

Chegou, viu e arrasou ! 

 

PS- O mais grave de tudo é que a culpa não é da galinha...o mesmo se passaria se se tratasse de um cão, gato ou qualquer outro animal.  

publicado às 19:56

Fado....i love it!

por Teresa, em 13.11.15

Hoje deu- me para isto!

 

Sempre que posso ouço esta música!

 

 

Quem disse que o fado não pode ser alegre?!

Alegre e ... tão romântico!!!

 

E a voz da Carminho é divinal !!! I love it"

 

"Vesti a saia rodada para apimentar a chegada do meu amor... ...

Vem lá de longe da cidade e tem os olhos rasos de saudade em mim...

E eu mando-lhe retratos meus...

Pensa em casar no fim do verão que vem

 

Antes pudesse o verão não ter mais fim...

 

Que eu estou tão nervosa com esta coisa de casar Meu Deus..."

 

 

publicado às 22:00

Sonhar...assim....

por Teresa, em 09.11.15

Às vezes estou tão cansada da rotina que fecho os olhos e... sonho!

 

Sonho com um dia de liberdade assim.....

 

foto baloiço.jpg

 Sonho, como em criança, que posso ver o mundo de cabeça para baixo...assim...

 

foto pendurada.jpg

 

Sonho em ter momentos de fofoca com amigas....assim...

foto fofoca amiga.jpg

Sonho em rir com as amigas assim....

 

foto rir com amiga.jpg

 

Sonho com miminhos... assim...

 

foto Kiss.jpg

 

Sonho em dançar com a minha filha, assim...

 

foto dançar com filha.jpg

 

 

Sonho, até, que vejo um raio de sol a inundar-me a alma...assim...

 

foto raio de sol.jpg

 

E...finamente, consigo sentir-me feliz...assim!!!!!!

 

foto paz de espirito.jpg

 

 

 

 

 

 

publicado às 17:30


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Comentários recentes

  • Teresa

    Fico contente quando as pessoas gostam do que escr...

  • fashion

    Gostei muito, Parabéns!

  • Chic'Ana

    A taça é nossa!!! =)

  • Teresa

    É mesmo ! eu adoro a ingenuidade destas idades!

  • Chic'Ana

    Tão gira!!! =)


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D


Mensagens