Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais medicamentos para quê?

por Teresa, em 12.05.15

 

image.jpg

 

 

Estou numa fase em que me apetecia estar Zen e... não consigo.

 

Estou preocupada com tudo, tipo " Preocupadinha da Silva"mesmo!

 

É verdade que o  trabalho está ao rubro, mas há outras coisas que me deitam mais abaixo do que o trabalho!

 

A minha  mãe, pela primeira vez na vida, em 84 anos, começou a apresentar sinais de depressão!  Deixou de ver o mundo cor de rosa como até aqui... e passou a vê-lo como ele é na realidade (ah!!!!. Já sei a quem saio, sempre tão positiva!).

 

Entrei, então,  naquela fase em que os papéis se invertem: somos nós, os filhos, que temos de  tomar conta dos pais, tal como eles nos faziam, quando em pequeninos caíamos à cama, com febre, com dores aqui e acoli... e sempre com muita mimalhice à mistura....

 

Pois é ...agora é a vez deles!

 

Comecei a acompanhar a situação mas a tarefa é mais dificil do que eu pensava, até porque ele há doentes e doentes: por um lado, os bonzinhos que aceitam fazer tudo o que se lhes diz e, por outro, aqueles que querem mandar nos médicos, recusam tomar medicamentos novos, adiam as consultas...

Pois é exactamente neste grupo maravilhoso que a minha querida mãe se inclui.

 

Resolvi escrever este post agora,  primeiro porque já vejo melhoras significativas na disposição da minha mãe,  depois porque, durante a ajuda que lhe dei deparei-me com situações engraçadas que me fizeram rir e pensar: "vou fazer um post sobre isto".

 

Na verdade, pensei que a coisa ía ser simples : bastava eu ficar a par de todos os remédios que a minha mãe tomava para transmitir à nova médica e ver o que se podia fazer dali para a frente.

 

Ora a minha mãe toma uma catrefada de remédios, desde há anos, depois de ter sido operada  ao coração.

 

Quem sabe o nome de tudo aquilo é o meu pai que os compra e lhos dá, à hora certa, ou mais precisamente, à hora que ela decidiu que era a hora certa.

 

E digo isto porque chegamos à conclusão que há dois comprimidos que seriam para tomar ao deitar, o que para o comum das pessoas seria às 10h ou 11h da noite, mas que para a senhora minha mãe, é às 2 horas da manhã que é a hora em que geralmente adormece.

 

Comecei a perceber que as horas dos comprimidos estão todas trocadas há anos: o que ela toma ao almoço deveria ser ao pequeno almoço, o do almoço seria ao lanche e por aí fora!

 

Pareceu-me estar no filme errado.

 

Anotei tudo para dizer à médica.

 

Depois, sentei-me com a minha mãe, para ver que medicamentos eram aqueles, e para que serviam. A explicação foi simples e directa:

- Ao almoço tomo o comprimido compridinho, todo branco.

- Que se chama...

- Isso não sei. Pergunta ao teu  pai.

- Depois , perto do jantar, é a vez daquele azul mais redondinho e um outo rosado.

- Mas, mãe, como se chamam ? E são para o coração, ou para o quê?

- Essas coisas não são comigo. Tens de perguntar ao teu pai. 

- Mãe - digo eu já desesperadissima - mas temos de saber o que estás a tomar, para dizer à médica.Vamos até pedir que te receite um antidepressivo- explico eu.

- Ó  filha mas para quê?! Eu não preciso de remédios novos. Dou-me muito bem com o que estou a tomar.

- Mãe, estás deprimida e é por isso que precisas de um antidepressivo .

- Não preciso, filha!  Eu já tomo um anti-calmente!!!!

 

Achei delicioso!

Só a minha maminka....

 

 

 

 

publicado às 22:35


3 comentários

De Anónimo a 14.05.2015 às 07:09

😂😂😂😂 Muito bom!!! Até consegui fazer o filme... Adorei!!

De melguinha2 a 29.05.2015 às 21:05

A tua mãe deve merecer todos os cuidados que tu e o teu pai lhe oferecem,deves tentar cuidar dela ao máximo tal e igual como ela cuidou de ti quando tu eras mais nova!! Eu tenho 29anos,ainda sou uma adolescente mas super adoro cuidar da minha querida mãe e tambem cuidar da minha avó paterna que tambem vive aqui na minha casa!! É muito bom termos família que se preocupa com a gente,muito bom mesmo de verdade!!

De Anónimo a 14.06.2015 às 09:08

LOL

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Comentários recentes

  • Teresa

    Fico contente quando as pessoas gostam do que escr...

  • fashion

    Gostei muito, Parabéns!

  • Chic'Ana

    A taça é nossa!!! =)

  • Teresa

    É mesmo ! eu adoro a ingenuidade destas idades!

  • Chic'Ana

    Tão gira!!! =)


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D


Mensagens