Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O que se sente quando nos dizem: " vou emigrar!"

por Teresa, em 24.03.14


Pais
Sentem como que um murro no estômago , misturado com um vazio na cabeça, seguido de uma espécie de surdez momentânea : o quê? Ir fazer a faculdade lá fora? ???? E nós e o resto da família ??? 6 anos longe... Fora de Portugal...Já pensaste?????? ( claro que já tinha pensado... nós é que não!);

Avós
Mais liberais do que os próprios pais acham importante proporcionar essa liberdade à neta ,porque sempre a consideraram uma pessoa com uma cabeça organizada, uma personalidade estruturada , que sabe bem o que quer e que assume as consequências das suas próprias escolhas .

Tias maternas
Como é possível deixar-se a família????E o país?!!! A elas, nunca lhes tinha passado tal ideia pela cabeça! Nunca teriam ousado tal coisa! Mas a sobrinha era capaz!!!!!
Admiram a sua coragem, o seu espírito aventureiro e sentem orgulho nela! Mas, rezam baixinho e, com bastante devoção, para que nenhum dos filhos venha a ter uma ideia do género!

Tias paternas
Neste caso, a sobrinha é para elas quase que uma filha e, por isso, também não deixaram de sentir o tecto desabar-lhes em cima da cabeça com a decisão tomada! Mas são realistas, práticas e perceberam que talvez este fosse o caminho mais acertado para ela !

Primas mais velhas
" Que máximo! A minha prima é tão "cool"! Deus queira que um dia também consiga fazer o mesmo! "

Primos mais novos
O quê? A prima vai embora? Já não vai estar cá nos nossos anos, no Natal? Vai para muito longe? Quando volta?

Afilhado (na altura com 5 anos )
"Como a madrinha vai ser a minha médica, preciso de saber uma coisa: sou eu que tenho que ir de avião mostrar a minha doença à madrinha, ou é ela que vem ver o que eu tenho? "

Melhores Amigas
Choraram imenso e só diziam:" nada vai ser igual contigo longe! As saídas à noite vão ser bem menos divertidas sem ti !"

Entretanto já passou um ano e meio e a Maria tem vindo cá imensas vezes para matar as muitas saudades que temos dela e ela, nossas, incluindo os Natais e alguns aniversários !

Se é fácil? Claro que não!

Mas o tempo ajuda a que, a pouco e pouco, nos vamos adaptando à nova realidade!

publicado às 21:12


1 comentário

De Anónimo a 25.03.2014 às 13:25

Adorei este post!!!
O maior desafio...é mesmo sermos pais!!!!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Comentários recentes

  • Anónimo

    Também li os livros da Anita na minha infancia. Te...

  • Teresa

    Fico contente quando as pessoas gostam do que escr...

  • fashion

    Gostei muito, Parabéns!

  • Chic'Ana

    A taça é nossa!!! =)

  • Teresa

    É mesmo ! eu adoro a ingenuidade destas idades!


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D


Mensagens